Vídeo

Bergen sua linda ou: como arrumei um trabalho aqui.

Semana passada foi de acontecimentos. Foi uma semana que fiz muitos contatos e que novos projetos começaram e me fez sentir que Bergen gosta de mim.

Tudo começou através de uma amiga portuguesa que postou sobre trabalho voluntário em um festival de música experimental que vai acontecer no início de março. Só para explicar um pouco, acho que aqui é bem comum trabalho voluntário em diferentes lugares e não necessariamente só pra ajudar os que precisam. Além de diferentes festivais de música, já vi também casas de show/bares terem em seus sites um cantinho reservado para frivilling. Eu, que já estava me escrevendo para um outro festival que vai acontecer em junho, pensei em porque não me inscrever nesse também?

E viva o facebook! Trocamos mensagens e pude falar um pouco mais do meu trabalho e ela me colocou em contato direto com a produtora de vídeos do evento. Uma semana depois estávamos gravando o primeiro promo do evento e já com um planejamento de mais alguns vídeos até a abertura do festival.

Mas nesse “uma semana depois” muita coisa aconteceu ainda. Essa amiga portuguesa está fazendo o site para uma das artistas do festival e me pediu ajuda com os vídeos: converter, dar uma enxugada, nada de mais. Em troca me apresentaria a duas meninas “fixas” – do português de Portugal, legais – que conhecem muita gente, principalmente da organização dos festivais. Concordei na hora, e nos encontramos num café – um novo! E enquanto conversávamos passou alguém na rua que ela conhecia – um outro português, bem engraçado, fã de Porta dos Fundos e amigo do Bruno Aleixo -, ele entrou no café e falaram amenidades e depois ele se foi. Nessa momento, comum e nada especial, um luz acendeu na minha cabeça e eu sabia que era isso que eu queria também. Quero poder chamar Bergen de minha, quero conhecer os lugares, quero dominar as ruas e principalmente quero andar na rua e encontrar amigos.

Confesso que sou muito cautelosa quando vou falar da minha experiência aqui na Noruega. Um jeito que encontrei de me proteger de frustrações. Criei zero expectativas em relação à mudança, à minha vida aqui ou ao trabalho que encontraria. Ao mesmo tempo me mantive aberta à todas as oportunidades: tudo é novo e tudo é diferente e vamos experimentar sem julgar. E ao contrário de uma vida cinza e sem sal, cores e sabores apareceram. Novos amigos, novas receitas, novos sutaques, novas línguas, novas músicas, novas culturas… A quantidade de coisas que aprendo todo dia é incrível, desde um jeito de novo de arrumar a casa, ou como dizer “foda-se” me polonês (curva), ou ainda como não lavar lã. E depois de 4 meses e meio tá ficando difícil esconder meus sentimentos.

Esse domingo fez um dia lindo com céu azul e sol que esquenta! Fez 8ºC em pleno inverno: me senti em Teresópolis! E, caminhando pela rua, encontrei uma amiga! Esbarrei com uma amiga norueguesa na rua! Bergen sua linda! O que você está tentando fazer comigo? Seja o que for está funcionando.

E assim começa uma nova etapa da minha vida aqui.

Estou oficialmente colaborando com o Borealis Festival, um festival de música contemporânea/experimental: pessoas interessantes fazendo música dentro de uma piscina vazia,  ou com blocos gelo ou ainda com máquinas de escrever.  Em uma semana conheci mais de 20 novas pessoas, e não poderia estar mais feliz de trabalhar num festival cheio de gente criativa. E juro que não é elogio de mãe! Então com vocês, Peter Meanwell e o video que fiz junto com Karoline Finnema. 🙂

 

Anúncios

5 comentários sobre “Bergen sua linda ou: como arrumei um trabalho aqui.

  1. Eliana Sa Barretto disse:

    Gaby, estou muito orgulhosa de voce!!!! Que bom que voce esta se ambientando e gostando dessa cidade e desse país… Como eu já te disse eu posso falar de cadeira pois fiz besteira em Cingapura! Que bom que você ja fez amigos pois o que faz o lugar ser bom tem muito a ver com amigos… coisa que não consegui em Cingapura.
    Morro de saudades de voces mas amo saber que estão felizes e de bem com a vida…
    Daqui para a frente eu pretendo sempre que puder estar ai com voces e com o Finn portanto vai se acostumando com as visitas da “sogra”!!!
    Bjss

  2. Boulinha disse:

    gabi, que máximo. adorei o video, você e esses festivais de música e o seu coração aberto para todo esse mundo novo. orgulho de você. beijo grande!

  3. Natália Marques disse:

    Gabriela, tudo bem?
    Então, estou morando aqui em Bergen desde outuro e ainda me sinto perdida. Já estou fazendo bastante coisa sozinha e estudando Noruegues, muito (Jeg studerer veldig, veldig mye!!!). Pra mim aprender Noruegues é a luz no fim do túnel para continuar me especilizando na minha área.
    Adorei sua idéia de trabalho voluntário. É uma ótima maneira de conhecer pessoas e não se sentir tão sozinha. Vou procurar nos sites, como você recomendou, mas se tiver mais alguma dica adoraria receber.
    Também se estiver precisando de ajuda no grupo adoraria contrubuí.

    Adorei o blog … muito bom mesmo!!!

    Um grande abra´co!!!!

    Face: natemarques@hotmail.com
    e-mail: natemarques@gmail.com

    • Kjempefint Natália! Não desista do norueguês. Acredito que aprender a língua é a melhor forma de fazer parte da cidade.
      Ser voluntário é ótimo porque além de conhecer novas pessoas, te dá algo pra fazer e no futuro ainda você garante uma referência quando for procurar emprego. Os noruegueses acham isso muito importante e ligam sim para checar.
      Ontem teve uma reunião dos voluntário, mas acho que ainda precisam de gente. Inscreva-se através do site porque aí você consegue ficar na sua área de interesse. E por falar nisso, qual é a sua área?
      Fico feliz que tenha gostado do blog 🙂
      Beijos e Boa sorte! 🙂

  4. Ana Carolina Junqueira disse:

    Oi Gabriela, que legal o seu Blog!!! Também estou morando em Bergen com meu marido, cheguei no mês passado, espero logo me adaptar. Pra quem diz que não gosta de escrever, os seus textos são muito bons e divertidos. Eu tomei a liberdade de te adicionar no Facebook, mas você não precisa aceitar caso ache muito abuso de minha parte :-/ Aqui eles realmente dão muito valor ao trabalho voluntário, vou entrar no site e me inscrever. Valeu pela dica, aliás as suas dicas são ótimas. Talvez possamos tomar um café qualquer dia desses na cafeteria que você indicou 😉 Ha de bra!

    Meu Facebook – https://www.facebook.com/anacarolina.junqueira1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s