Noites de Verão

Meu marido já escrachou no facebook e quase zerou a internet. Já falou para todo mundo o que eu só reclamava no ouvido dele (e de mais algumas pessoas aqui) e agora não dá mais agora não dá mais para esconder de ninguém.

Não aguento mais ouvir a Gabriela Hovland reclamar que sao 22h da noite e esta sol la fora! Eh todo dia a mesma ladainha! ‪#‎reclameinofeice‬

Ontem foi o primeiro dia de verão. E por estarmos em Bergen isso não significa sol e calor. Por enquanto só quer dizer mais chuva. Apesar d’eu estar exagerando um pouco, eu não estou. O sol de fato não deu as caras e de fato está chovendo mais do que o normal por aqui. Quando você acha que não pode chover mais na cidade que mais chove na Europa, a vida te surpreende! Deu até no jornal: Bergen bate recorde de chuva!

Como carioca é até um pouco surpreendente como eu já me acostumei com a chuva. E mesmo que o sol nem o calor tenham chegado aqui ainda, os dias rapidamente ficam mais longos. De repente já não escurece mais as três. Aí do nada você nota que você esta jantando, as 17h, e ainda tá claro. Os primeiros dias com sol até as 21 h é demais! Você acha engraçado a diferença, faz piadas e planeja happy hours na cidade.

Aí o sol vai demorando mais e mais para se pôr e de repente o céu ainda está azul as 24h. No fim de semana é incrível, você tá no barzinho e acha que “a noite” nunca vai ter fim. da sua vida. E se a cerveja não fosse o olho da cara você ia beber até acordar em outra cidade sem nem ter visto estrelas! Porém chega domingo e você tem que trabalhar no dia seguinte,  mas primeiro você tem que dormir! Como se ainda esta claro lá fora? E não é claro fim de tarde, é claro tipo 16h! Para mim é uma eterna sensação de cansaço: o dia não acaba!

Durante 30 anos meu cérebro entendeu que noite = dia acabou. Então entre 17h e 23h é uma loucura na minha mente. No Brasil eu sempre tinha uma ideia de que horas eram mesmo sem olhar o relógio: se começou a escurecer são umas 18h, se já faz um tempo que escureceu talvez sejam umas 20:30 / 21h. Aqui não tem um degradê da luz solar que você vai entendo que dia esta acabando e por isso relógio interno está uma loucura, acho que de alguma forma me guiava mais pelo sol do que imagina e agora eu to fudida lascada. Eu que já precisa de tapa olho para dormir, agora lá pelas 20h fecho todas as cortinas da casa para tentar enganar meu cérebro.  Em breve me adapto, mas até lá Bjørn não aguenta mais me ouvir comentar/reclamar que “são 22h e tá sol lá fora”. Na verdade agora já é “são 23h e ainda tá sol lá fora”.

#prontofalei #desabafo #xatiada

 

Anúncios

7 comentários sobre “Noites de Verão

  1. Olha, Gabi, nunca estive em um lugar assim, que só escurece de madrugada. Mas entendi bem o poder do sol na nossa vida nas minhas últimas férias em Nova York, em que às 4pm já estava escuro. E dava um cansaço, pro nosso corpo era como se fosse 9pm! Você esta vivendo o oposto e posso imaginar o desespero pra se adaptar. Força !
    Bjoooo

  2. boulinha disse:

    Gabi, eu imagino muito você reclamando que a claridade não vai embora. Aproveita! Daqui a pouco isso vai embora não é? 🙂 beijos!!!!

  3. Candy Girl disse:

    Olá, cheguei por aqui já tem um tempo e estou adorando acompanhar suas experiências na terra do gelo 🙂 Essa claridade é bem difícil de encarar, mesmo depois de tanto tempo morando aqui ainda não me acostumei. Coloquei cortinas pretas em tudo!Só assim para conseguir dormir cedo.
    grande beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s