Áudio

Silja Sol :: Traduzida

Para a música traduzida de hoje eu escolhi a Silja Sol. Desde que cheguei aqui sempre vejo posteres dela espalhados pela cidade o que me fez achar que ela era famosa por aqui. Não estava errada, mas a verdade é que ela estava lançando seu primeiro álbum que foi muito aclamada pelos críticos locais, sendo chamada até de “melhor artista do mundo em Bergen”. Nada mal para um primeiro disco né? O álbum ainda contou com a ajuda de Kato Ådland que produziu também o pessoal do Datarock e Sondre Lerche.

Esse ano ela toca por aqui no Bergen Fest, no domingo, dia 14 de junho no mesmo dia que Death Cab for Cutie. Resta aquela velha pergunta: será que o show é tão bom quanto o cd?

Silja SolNoen

SiljaSol

Anúncios
Áudio

Aula de Norueguês – Tradução

Como eu já falei por aqui antes, norueguês não é difícil de aprender. O problema maior é a pronuncia: acertar os fonemas é que complica. As aulas em sí também não são as mais legais do mundo, mas é aquela coisa, tem que aprender, né? Eu odiava ir para minhas aulas de inglês, mas hoje agradeço o tanto que minha mãe pegou no meu pé.  E se você, como eu, fez inglês em algum cursinho, provavelmente sua professor(a) em algum momento da aula escolheu uma música para vocês ouvirem e traduzirem. Era ótimo porque o professor fingia que não dava aula e você aprendia sem perceber. Lembro de aprender “A day in Life” dos Beatles, e “Borderline” da Madonna, e muitas música do Roxette.

Continuar lendo

E voltamos a programação normal

Depois de qualquer coisa que faço, gosto de parar e pensar um pouco em como tudo foi feito. Na verdade eu sempre gosto de pensar de mais nas coisas, às vezes ajuda, às vezes não. Na maioria das vezes ajuda.

A primeira coisa que me veio a cabeça foi que vir para Noruega é bem parecido com ouvir música experimental pela a primeira vez: no começo você não entende muita coisa, não sabe do que se trata e se sente um pouco sozinha num meio inóspito. Porém a partir do momento em que você abre seu coração, você começa ver a beleza, entender os sons, como funciona e cria coragem de conversar com outras pessoas. Tá certo que você ainda não entende tudo, mas já entende muito mais do que quando começou.

Continuar lendo

Vídeo

Bergen sua linda ou: como arrumei um trabalho aqui.

Semana passada foi de acontecimentos. Foi uma semana que fiz muitos contatos e que novos projetos começaram e me fez sentir que Bergen gosta de mim.

Tudo começou através de uma amiga portuguesa que postou sobre trabalho voluntário em um festival de música experimental que vai acontecer no início de março. Só para explicar um pouco, acho que aqui é bem comum trabalho voluntário em diferentes lugares e não necessariamente só pra ajudar os que precisam. Além de diferentes festivais de música, já vi também casas de show/bares terem em seus sites um cantinho reservado para frivilling. Eu, que já estava me escrevendo para um outro festival que vai acontecer em junho, pensei em porque não me inscrever nesse também?

Continuar lendo

Vídeo

Estações

Na escola a gente aprende sobre clima, tempo e sobre as quatro estações do ano: primavera, verão, outono e inverno. A gente cresce ouvindo falar desse tal de inverno mas aos poucos vamos percebendo que em país tropical não é bem assim. No Rio de Janeiro temos verão e menos verão e é isso. Os cariocas juram que 20ºC é inverno, mas só enganamos a nós mesmos.

Outra coisa que aprendemos no Brasil é sol nasce as 6/6:30 e se põe as 18:30/19h. E ao meio dia a gente sabe o que sol tá a pino quando nosso cucurutos começam a ficar bem quente e bem no meio do céu.

Aí você vem morar no fim do mundo na Noruega e descobre um novo significado para as estações. É quem nem quando se vai no museu pela primeira vez e vemos todas aquelas telas que antes só existiam nos livros, mas agora elas estão bem na sua frente, em tamanho real. Você pode até tocar, só não faz porque o guardinha tá ali, mas poderia.

Continuar lendo