Gratulerer med dagen!

É assim que começamos o dia 17 de maio aqui na Noruega, desejando feliz aniversários para todos: gratulerer med dagen! “No dia 17 de maio, todos os noruegueses fazem aniversário” e com isso entendi que esse dia simboliza o renascimento da nação.

Nosso dia começou cedo, às 7:30 da manhã. Maquiagem, cabelo alto, muito fixador e camadas de roupas para aguentar a chuva torrencial que caía lá fora. Acho que se fosse no Rio o evento teria sido cancelado. Bjørn vestiu o terno e capote, antes de sairmos de casa, colocamos nossa sløyfe e estávamos prontos para comemorar o Dia Nacional da Noruega, ou o dia da Constituição.

O Café da Manhã

Mesa do café da manhã toda enfeitada.

Mesa do café da manhã toda enfeitada.

Seguimos para o café da manhã com a família norueguesa e encontramos uma casa toda decorada de azul e vermelha, as cores da bandeira, e velas, de flâmulas e tudo mais que você possa imaginar. Os noruegueses já gostam de decorar suas casas e a mesa de jantar e para o 17 de maio tudo parece ganhar um motivo especial. Nas roupas, todos muitos elegantes. As cores da nação mais uma vez faziam parte da vestimenta, ou uma peça de roupa, uma gravata, o vestido… e sempre a sløyfe. E muitas, muitas bunads, a roupa tradicional norueguesa. Na rua homens, mulheres, adolescentes, crianças e até bebês usam a roupa.

Mesa de doces.

Mesa de doces.

O café da manhã foi um bufê, que me arrependo de não ter tirado foto. Comida melhor do que de hotel. Pães, queijos, geleia, ovo, presuntos, salmão defumado, camarão, pastas e frutas, e tomates, e bolo de chocolate. Gente, era muita comida! E café, sucos, leite. E tudo isso com a família reunida, mesmo que não seja a sua, você consegue sentir a vibração e aproveitar o momento. Ficamos lá até umas quase 11h e não paramos de comer!

Todos com bunads!

Todos com bunads!

17.mai Toget

Foi quando seguimos para a cidade para a assistir o desfile. Sabe ano novo no Rio com todo mundo de branco seguindo o mesmo caminho em direção à praia? Como o centro da cidade fecha para carros, você só pode ir até certo ponto e depois tem que andar. Só que ao invés de roupa branca as pessoas usam bunads.

IMG_9377

No caminho para o centro.

Minha vontade era de para todo mundo e pedir para tirar foto. Vocês não consegui imaginar a variedade de bunads que existe, lindos e sofisticados, cores e modelos bem diferentes que não dá nem pra contar.

Minhas amigas norueguesas Karolina e Torrun.

Minhas amigas norueguesas Karolina e Torrun.

Um pesquisa rápida pela internet e o google me diz que para cada região há um roupa diferente, para homem e mulher, e a discussão fala de 200 à 500 diferentes tipos de bunads. Só na região de Hordaland, onde fica Bergen, são 19 diferentes tipos.

reprodução - BT.no

reprodução – BT.no

Li uma matéria do jornal Bergens Tidenda que traz a pergunta de qual bunad é o mais bonito, algumas das roupas aqui da região e o interessante dessa matéria é que eles falam que o bunad é mais um lembrança e um orgulho regional do que nacional.

Quando finalmente você “get over” de todas as roupas tradicionais diferentes e todas as crianças fofas usando-as e finalmente encontra um lugar para assistir o desfile tudo o que você consegue ver são guarda-chuvas.

IMG_9381

Aos poucos o tempo foi melhorando e apesar de não sabermos NADA sobre o desfile – quem desfilava, onde começava, onde terminava, onde era o melhor lugar para assistir – o que percebemos é que se você vai ver / participar do desfile não importa! Hoje é um dia de celebrar! O importante é estar na rua e apreciar o momento, comemorar com os amigos e familiares.

IMG_9380

IMG_9387 IMG_9395 IMG_9394

Festa na Cidade

Depois do desfile, as pessoas ficam na rua, tomando café, cerveja, passeando, e desejando gratulerer o dia todo.

IMG_9399IMG_9398

Soube também que um outro ponto de encontro após o desfile são as escolas locais. Elas viram mais um ponto de celebração, com jogos e brincadeiras. A festa na cidade foi até de noite com show de vários artistas, entre eles o cantor Sondre Lerche, e só terminou por volta de meia-noite com fogos de artifício.

Foto do facebook do cantor Sondre Lerche

Foto do facebook do cantor Sondre Lerche

Confesso que para mim e para o Bjørn o dia foi longo e terminou as 15h, quando voltamos para casa depois do desfile e aqui ficamos sem nem conseguir nos mexermos! Para o ano que vem, além do tempo melhor, esperamos que sabemos planejar melhor nosso 17.mai e poder aproveitar tudo o que o 17.mai pode no oferecer.

Mesmo não aproveitando tudo, foi tudo lindo e não sei se com o texto e com a foto vou conseguir expressar tudo o que foi esse dia.

Ha det bra!

Anúncios
Áudio

Silja Sol :: Traduzida

Para a música traduzida de hoje eu escolhi a Silja Sol. Desde que cheguei aqui sempre vejo posteres dela espalhados pela cidade o que me fez achar que ela era famosa por aqui. Não estava errada, mas a verdade é que ela estava lançando seu primeiro álbum que foi muito aclamada pelos críticos locais, sendo chamada até de “melhor artista do mundo em Bergen”. Nada mal para um primeiro disco né? O álbum ainda contou com a ajuda de Kato Ådland que produziu também o pessoal do Datarock e Sondre Lerche.

Esse ano ela toca por aqui no Bergen Fest, no domingo, dia 14 de junho no mesmo dia que Death Cab for Cutie. Resta aquela velha pergunta: será que o show é tão bom quanto o cd?

Silja SolNoen

SiljaSol